Cozinha Sigel
Molhos

Guacamole

21 de novembro de 2010

Estou devendo esta receita para váaaarios amigos, e como é de um livro (Afrodite de Isabel Allende), eu sempre esqueço, é uma das poucas que eu não decorei ainda (e nem faço questão). Claro que fiz adaptações a receita do livro, para adequar alguns ingredientes ao meu gosto. Procurei na net agora e não encontrei nenhuma receita ao menos parecida com essa da Isabel… o que não ajudou nada a pagar minha dívida o quanto antes.

Bem, agora, vou pagar, e tem até foto, do que fizemos em Bom Jesus dos Perdões, mas acho que a foto não faz juz ao seu sabor, srsrsrs…

A guacamole é uma salada da região do México, hoje em dia é famosa no mundo todo, e, curiosidade a parte, o Brasil é o único país que come acabate com açúcar…

Como não gosto de cebola crua, eu adaptei a receita fritando a pobre no azeite, uso uma cebola média cortada em cubinhos, e frito em mais ou menos duas colheres de azeite, assim que ela chega no ponto que eu gosto, acrescento o pimentão verde, também em cubinhos, mais uns dois minutos, acrescento 3 tomates médios, sem semente e sem pele. Assim que agrego o tomate, já tiro do fogo, é uma salada afinal… Nesse momento colocouma colheirinha de molho inglês (não é sacanagem a receita diz colheirinha, ai vai de gosto para você decidir o tamanho de sua colher). Essa mistura tem que ficar descansando por no mínimo 1 hora.

Após 1 hora (quanto mais melhor), pode-se preparar o abacate: dissolva uma gema em suco de 1 limão. Amasse os abacates com garfo (se for usar o abacate nacional, 1 grande basta, caso seja o avocado, que é o da receita original, são dois ou três). Misture os abacates com o preparado de gemas e limão (esse momento é importante para qie o abacate não escureça). Em seguida misture aos demais ingredientes, que já estavam curtindo… é uma salada, portanto deve ficar em local fresco. Outra coisa, depois de misturar tudo, está na hora de colocar um toque especial, corrija o tempero ao seu gosto, nessas horas eu sempre busco ajuda do maridão, que é fantástico, assim temos a guaca a 4 mãos. 😀

Bom de servir com torradas, pão sírio, pão francês. Ah, não aconselho guardar para o dia seguinte.

Guacamole em BJP

Divino, ah, cerveja e tequila não podem faltar.

1 Comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: