Cozinha Sigel
Fondues

Fondue de Queijo

19 de junho de 2011

Inverno pede comidas quentes acompanhadas por vinho.

Como esquecer de fazer um fondue?

Lembro da primeira vez que fiz, passei horas na internet escolhendo os dois queijos que iria comprar para fazer a mistura.

Fi-lo à moda tradicional:

200 gramas de queijo gruyere
200 gramas de queijo estepe

Basicamente você vai fundir 2 queijos de sabores diferentes, mas tem que ser queijo gordo, queijo magro tipo minas, ricota é para os fracos. rs

Antes de iniciar, rale os queijos, passe um alho no fundo da panela (fanáticos por alho, acredite, apenas de passar no fundo da panela é mais do que suficiente).

Coloque próximo de 50ml de vinho branco. Não vêm com esses vinhos baratos de São Tomé e São Roque que você vai estragar dois queijos de uma vez só, tem que ser um cabernet sauvignon pelo menos que você encontra à partir de R$ 15,00 em muitos mercados.
Então, coloque o vinho na panela e coloque os queijos ralados com uma pitada de noz moscada.

Em fogo baixo vá mexendo até fundir tudo em uma massa homogênea.

Tem gente que reclama que fica líquida demais, então, a dica para não errar é colocar um pouquinho de amido de milho misturada ao vinho antes de iniciar o processo.

Com o tempo você acostuma com as medidas e passa a evitar o amido de milho à mistura.

Pão italiano pra acompanhar, não tenha medo de enfiar a fatia de pão ao fundo do rechoud, isso ajuda a evitar que grude no fundo com o passar do tempo.

Delicie com o vinho branco… e mais vinho branco se achar conveniente. 😉

Fondue de Queijo

Misture dois ou mais queijos, lembrando que um bom resultado é quando não utilizamos 2 queijos de sabor forte, e sim quando equilibramos os sabores:

Bel paese: raro, queijo italiano amanteigado, bem suave e cremoso.
Cantal: queijo francês bem curado, aromático e meio duro.
Cheddar: queijo inglês suave, duro, de consistência farinhosa.
Chester: queijo inglês duro. O de cura recente é suave, já o de cura mais antiga tem sabor mais aromático e forte.
Comté: queijo francês duro, parecido com o gruyère.
Edam: queijo de sabor suave.
Emmenthal: queijo suíço duro, de sabor suave. Depois de bem curado ganha um sabor bem forte.
Fontina: queijo italiano gorduroso, de aroma suave e sabor levemente adocicado.
Gouda: queijo cremoso, delicado e macio. Derrete com facilidade.
Gruyère: queijo suíço, duro e com um sabor mais forte que o emmenthal.
Mussarela: queijo italiano, levemente ácido. Não fica muito bom misturado com bebidas alcoólicas.
Provolone: queijo italiano de casca bem dura e com um sabor adocicado quando fresco. Já curado torna-se picante. Para fondues deve-se misturar com emmenthal ou gruyère.
Tilsit: queijo alemão firme, de coloração dourada, gosto acre e levemente ácido. Para fazer fondue precisa ser misturado com queijo de sabor mais suave.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: